jump to navigation

Proíbido para menores de 18 anos Abril 23, 2008

Posted by 50minutos in Debate.
add a comment

 Nos últimos anos, a sexualidade ganhou a m�dia e deu ibope, garantindo um espaço cada vez maior.

As cenas eróticas não fazem parte apenas de filmes indicado para maiores de 18 anos. Na verdade, os apelos sexuais são expostos freqüentemente na telinha de qualquer família brasileira. Basta ligar o televisor e esperar a novela ou o propaganda comercial começar. A sexualidade há muito tempo não é apenas tema de debates científicos ou ponto alto das confissões religiosas. Os especialistas afirmam que a sensualidade é a única possibilidade real de acesso a todas as idades, culturas, classes e profissões. Então não é errado se aproveitar deste artifício, certo? Errado, pois o que predomina na imprensa é o sensualismo em demasia. Num tempo em que o capitalismo dita as pautas, a mídia se despe e convida o seu público para uma noite prazerosa, mas de conseqüências irreversíveis.

 

 

 

Reforma Ortográfica Abril 23, 2008

Posted by 50minutos in Debate.
add a comment

Acordo Ortográfico da L�ngua Portuguesa existe desde 1990.

A língua portuguesa é a quinta mais falada do mundo. Com a reforma ortográfica que visa unificar a escrita nos países que adotam o português como língua oficial, Mais de 230 milhões de pessoas vão ter de fazer pequenas adaptações. As novas normas vão fazer com que os portugueses, por exemplo, deixem de escrever “húmido” com h. Já os brasileiros vão ter de se acostumar com a eliminação do acento nas paroxítonas terminadas em “o” duplo, como a palavra vôo. Também desaparece o acento circunflexo que assinalava a tônica fechada de certas formas verbais paroxítonas nas quais há duas letras e, como crêem, lêem e vêem. O trema não vai existir mais e o alfabeto deixa de ter 23 letras para ter 26, com a incorporação do “k”, do “w” e do “y”. O acento vai deixar de ser usado para diferenciar “pára”, que é um verbo, de “para”, uma preposição. Outras duas mudanças serão: a criação de alguns casos de dupla grafia para diferencia o tempo verbal, além da eliminação do acento agudo nos ditongos abertos “ei” e “oi” de palavras paroxítonas, como “assembléia”, “idéia”, “heróica” e “jibóia”. Do ponto de vista político, a unificação ortográfica é importante, pois representa uma maior propagação da língua portuguesa nos textos escritos. E você, o que acha da reforma ortográfica?