jump to navigation

Cuidando da mente Outubro 30, 2008

Posted by 50minutos in Em debate.
trackback

           

O número de pessoas que afirma se sentir à beira de um ataque de nervos aumentou nos últimos 40 anos. Hoje, mais da metade da população tem a saúde mental prejudicada. As razões são óbvias. Desde o divórcio e problemas financeiros, até os desafios profissionais e as pressões sociais. O efeito disso é grave. Uma doença mental afeta a família, meio escolar, local de trabalho e atividades de lazer. Além disso, falta de saúde mental pode reduzir a qualidade de vida da pessoa e da família. Os distúrbios mentais mais comuns são a ansiedade e a depressão. Mas os problemas de obsessão, loucura, alcoolismo e manias também incomodam bastante. O fato é que a saúde mental não é apenas um desafio para o setor da saúde, mas para toda a sociedade. A doença mental causa custos significativos para a sociedade, economia, educação, segurança social e sistema judiciário penal. Então, o que as pessoas devem fazer para ter uma mente saudável? O segredo é simples e já está revelado faz tempo. Chama-se prevenção, cuidados e tratamentos. Somado a isso surgem as iniciativas de combate a estigmatização e a discriminação das pessoas com problemas mentais. A solução não é um bicho de sete cabeças como muita gente pensa. Na verdade, saúde mental de qualidade significa informação e conhecimento próprio e do mundo.

 

O que é ter saúde mental no dias de hoje?

Anúncios

Comentários»

1. Renata - Outubro 30, 2008

Doenças, doenças temperança a parte.
Doença mental que nada, hábitos errados sim.
O reflexo de nosso estilo de vida, ou melhor do nosso péssimo estilo de vida.
Tudo começa com a troca de valores, não sabemos o que realmente é ser feliz.
Vivemos para ter .Ter o melhor carro ,ter os melhores moveis, ter um aparelho celular de ultima geração com milhões de funções , mais que é claro só vamos usa-lo como despertador ou para ligar. É isso torna-se o ideal para nossa felicidade, se não temos não podemos ser felizes.
Então para ter esse “ideal de felicidade” começa os cálculos mirabolantes, um reajuste aqui outro ali em nosso orçamento. Vem o parcelamento, parcela o computador, o home theater,a geladeira nova e assim vai indo, no final a divida já está um “pouquinho” para lá do orçamento, mais nada que algumas horas extra não de conta ou um segundo emprego. Obs: é eu nem falei da escola dos filhos. O tempo que sobra é para dormir noites mal dormidas, pois quando a coisa aperta, que cérebro que consegue relaxar de verdade?Que corpo agüenta tanta pressão ?!
Vivemos em função nosso rico dinheirinho, e único exercício que fazermos é correr atrás dele.
O que vem em seguida são as conseqüências, de curto e longo prazo, ansiedade, depressão, brigas, distúrbio alimentares, síndrome do pânico, estress, gastrite nervosa, e assim vai indo a lista de conseqüência.
O tempo de qualidade acaba, não temos tempo de comer alimentos saldáveis, de brincar com os filhos, visitar os pais, dar um beijo na esposa, fazer aquela viagem de família, fazer exercícios, respirar ar puro em uma praça com flores, passear com o cachorro, deitar na grama em um dia de sol, ir a praia, não temos tempo nem para priorizar o que é vital para nossa saúde mental, física e espiritual, que é ser uma comunhão com Deus.
Temos que dar um tempo, para a mente, para meditar sobre o estilo de vida que estamos levando.
Precisamos parar, simples assim PARAR, para refletir para onde estamos indo, se o que estamos fazendo vale realmente sacrificar nossa saúde.
Sempre a tempo de mudar os hábitos, o único problema é que quanto mais tarde pior será as conseqüências.
Deus desde o principio deu conselhos sobre como ter uma boa saúde, ensinou princípios e como ser temperante.
Se você acredita em Deus, acredita então no criacionismo, acredita que Deus nos criou, devemos pedir a Ele que nos ensine a ser Temperantes.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: