jump to navigation

Pensa por mim Novembro 10, 2008

Posted by 50minutos in Em debate.
trackback

 

                  

Todo o mundo já passou por isso. A atividade é tão empolgante ou obrigatória que a pessoa fica uma ou duas horas lendo, tocando piano, analisando números, separando pecinhas de quebra-cabeça ou resolvendo problemas de lógica sem parar. Até que… a pessoa não consegue mais. Não consegue nem quer mais: o cérebro cansou do assunto e agora pensa em tudo menos no parágrafo ou no quadro à frente. A pessoa luta para encontrar as palavras, mas já não manda os dedos se mexerem na hora certa, não enxerga a diferença entre as peças, não vê lógica nenhuma naquela nuvem de números. E não é só uma questão de motivação. Pensar cansa mesmo e até dói. Para alguns, o exercício mental pode ser tão fatigante que a capacidade de pensar é praticamente anulada. Pensar acaba sendo muito angustiante e tem gente que não tolera mesmo. Os meios de comunicação trazem tudo pronto, pensado, mastigado. Muitas idéias e opiniões não passam do senso coletivo e da reprodução daquilo que se viu e ouviu por aí. Sempre vão existir pessoas que querem as coisas prontinhas, que não querem pensar e buscam as respostas de forma mágica. Isso porque pensar é um processo doloroso, implica responsabilidade e dá muito trabalho.

Já sentiu vontade de não pensar em nada e permitir os outros pensarem e decidirem por você? Qual o risco desse comportamento?

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: