jump to navigation

Racismo escancarado Novembro 20, 2008

Posted by 50minutos in Em debate.
trackback

                    

Está na moda falar em consciência negra. Para bem ou para mal, muita gente já ouviu alguma coisa sobre o assunto. Mas será que todos têm noção do significado e importância disso? As pessoas estão cansadas de saber que o Brasil foi escravista. Mas não entendem que o racismo ainda está presente na sociedade. A discriminação étnica permanece disfarçada em coisas que nem se imagina, como na política, cultura, religião ou no dia-a-dia das pessoas. O racismo não acontece apenas quando alguém xinga ou olha um negro com desconfiança, mas nas vezes em que os negros têm menos acesso ao ensino, a moradia digna, saúde, trabalho, renda. O Racismo foi uma peça importante para a construção do capitalismo. Toda a riqueza dos Estados Unidos e Europa é fruto da escravidão e colonização dos países africanos, asiáticos e sul-americanos. Negros e indígenas tiveram riquezas materiais intelectuais e culturais roubadas. Os brasileiros precisam compreender que a desigualdade tem cor, nome e história. O racismo não é um problema dos negros no Brasil e no mundo, mas sim um problema do Brasil e do mundo, que é de negros, brancos e outros mais.

Você acredita que ainda existe preconceito racial no Brasil? O problema é velado ou explícito?

Anúncios

Comentários»

1. Maria Aparecida de Moura Jacinto - Novembro 22, 2008

O nome do negro está escrito no livro da vida, junto do nome do branco. Todos são um em Cristo. O nascimento, a posição, nacionalidade ou cor não podem elevar nem degradar os homens. O caráter é quem faz o homem. Se um pele vermelha, um chines ou africano rende o coração a Deus em obediencia e fé, Jesus não o ama menos por causa de sua cor. Chama-lhe Seu irmão muito amado…..Vem o dia em que os reis e os senhores da Terra teriam prazer em trocar lugares com o mais humilde africano que lançou mão da esperança do evangelho. SC p 218 Ellen G. White.

2. Maria Aparecida de Moura Jacinto - Novembro 22, 2008

Muros de separação têm sido construidos entre os brancos e os pretos. Esses muros de preconceito ruirão por si mesmos, como aconteceu com os muros de Jericó, quando os cristãos obedecerem a Palavra de Deus, que lhes ordena o supremo amor ao Seu Criador e amor imparcial ao próximo…SC p 217 Ellen G. White.

3. Maria Aparecida de Moura Jacinto - Novembro 22, 2008

…Se a raça se degradou, se são repulsivos nos hábitos e maneiras, quem os fez assim? Não lhes deve muito a gente branca? Depois de tão grande injustiça lhes haver sido feita, não se deveria envidar sério esforço por erguê-los? A verdade tem de ser-lhes levada. Eles têm almas a serem salvas, assim como nós. SC p 218 Ellen G. White.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: