jump to navigation

É quase original Abril 16, 2009

Posted by 50minutos in Em debate.
trackback

01

Qual foi a última vez em que você baixou uma música, um filme ou um episódio de uma série pela internet? Ou tirou da carteira algumas poucas moedas e levou para casa um game ou DVD pirata? Talvez tenha sido ontem, ou na semana passada. Tem pessoas que afirmam que hoje em dia é impossível chegar aos 30 anos seguindo a lei que bane a pirataria. De acordo com alguns estudos, os produtos pirateados são consumidos por causa do seu baixo custo, cerca de 93% mais barato.  No entanto esse consumo ilegal traz um prejuízo aproximado de 30 bilhões de reais por ano para o Brasil. A Associação Antipirataria Cinema e Música registra diariamente os números em relação à pirataria física e virtual em todo o País. Por meio das apreensões realizadas pelas Autoridades Públicas, foi possível retirar do comércio ilegal de todo o território nacional mais de 41 milhões de CDs e DVDs piratas em todo o ano de 2008. Um aumento de cerca de 14% em relação ao mesmo período do ano anterior. A lei é bem clara ao afirmar que a reprodução de qualquer produto para fins lucrativos diretos ou indiretos é proibido. Caso a pessoa não cumpra a lei pode ser presa e multada. Então fique esperto. Antes você comprar produtos piratas pense e reflita em todas as conseqüências do seu ato.

 

Reduzir os impostos seria uma opção para acabar com a pirataria, uma vez que o produto original ficaria mais acessível?

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: