jump to navigation

Relacionamentos descartáveis Outubro 6, 2009

Posted by 50minutos in Em debate.
trackback

Disposable_by_JustxSway89
Vivemos num mundo capitalista de configuração consumista que detesta tudo o que é durável, mas valoriza tudo o que seja de uso instantâneo. No consumismo não se valoriza o acúmulo de bens permanentes, porque priva o consumidor da possibilidade de experimentar novas sensações e isso leva a frustração e ao tédio, mas usar e descartar os bens em seguida, a fim de abrir espaço para consumir novos bens, usos e novidades mais novas do que um segundo atrás. Assim, uma pessoa bem sucedida é aquela que convive sempre com novidades, variedades e rotatividades. Disso, surge a cultura do descartável e do aluguel. Nessa cultura, você não compra, aluga. Nos relacionamentos seguem a mesma mentalidade da cultura do descartável. As pessoas e os relacionamentos se tornam descartáveis quando se aluga o corpo e o coração do outro por motivos utilitaristas. E assim, surge o risco de você ser abandonado pelo seu parceiro, sem o seu consentimento, quando você não for mais útil. Disso, surgem medos, inseguranças, incerteza, trocas, chantagens e superficialidades. Nesses tipos de relacionamentos, o compromisso e a fidelidade são isentos, porque gera privação de novas sensações, experiências, possibilidades. Porque o viver junto é substituído pelo ficar junto até quando houver vantagens, benefícios e satisfação.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: