jump to navigation

Reeducação alimentar Setembro 29, 2009

Posted by 50minutos in Em debate.
trackback

efeito-sanfona
Hoje, a vaidade é uma realidade e a busca pelo corpo perfeito é uma constante no dia-a-dia de muitas pessoas. No entanto, a “amiga” do peso em excesso é a má alimentação. A falta de tempo para comer, o estresse, a invasão dos “fast-foods” são inimigos da alimentação saudável. Comer o desnecessário tornou-se uma armadilha para quem busca o peso ideal. Atualmente, a fórmula encontrada pelos nutricionistas é a reeducação alimentar. Manter bons hábitos alimentares é um processo de mudança comportamental que faz com que a pessoa passe a consumir somente o alimento necessário para o seu organismo. Ou seja, a melhor maneira de perder os quilinhos em excesso é aprender a comer o ideal. A reeducação alimentar tem como objetivo apontar os nutrientes variados, sem a restrição total de nenhum alimento. O grande segredo de fazer uma alimentação mais saudável é respeitar a individualidade, ou seja, quanto mais próximo da realidade de cada um, mais fácil será o processo de mudança. A obesidade não escolhe classe social, sexo e nem mesmo idade, e é consenso entre especialistas, de todas as áreas, que ela transformou-se em um dos maiores problemas da atualidade. Ao contrário do que possa parecer, obesidade não é saúde, e nem sinal de que o indivíduo está se alimentando bem. Na verdade, é um distúrbio no balanceamento dos nutrientes, induzidos entre outros fatores pelo excesso alimentar. O peso desregulado é causador de problemas psicológicos, frustrações, além de uma série de males à saúde, e é classificada como doença da modernidade. O aumento da obesidade tem relação com a predisposição genética, o sedentarismo, além da nutrição irregular pela variedade de alimentos prontos, como os fast foods, principais responsáveis pelos erros alimentares. A obesidade também deve-se ao próprio ritmo desenfreado da vida atual, em que pessoas comem quando tem tempo. Hoje, são diversas as dietas e remédios com promessas milagrosas. Pessoas que se dizem especialistas, mas não têm conhecimentos técnicos e nem mesmo estudos na área, propagam fórmulas de emagrecimento rápido em revistas ou na televisão. E é aí que mora o perigo.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: